Mediateca

Aqui encontra um arquivo de vídeos, podcasts, bem como galerias de imagens do deputado Carlos Zorrinho.

Photo by Sam McGhee on Unsplash

Comentário semanal de Carlos Zorrinho na Rádio Campanário – 16 abril 2024

O Eurodeputado do PS, Carlos Zorrinho, na habitual revista de Imprensa, falou à Rádio Campanário sobre o programa de estabilidade, as previsões da inflação e a polémica contratação da adjunta do Ministro das Finanças.

No que diz respeito ao primeiro tema, o Eurodeputado socialista começou por nos referir “este programa de estabilidade infere num pouco do mesmo problema da apresentação do Programa de Governo e mais concretamente da apresentação do chamado choque fiscal pois não é credível, ou seja, quando foi apresentado o choque fiscal tinha sido prometido um alívio fiscal de 1500 milhões de euros e percebeu-se depois que isso era apenas recuperar aquilo que tinha sido feito pelo governo anterior e que o alívio fiscal é apenas diminuto.” Ainda a este propósito sublinha “não há uma segunda oportunidade para causar uma primeira impressão , que neste caso foi péssima, e as pessoas começam a desconfiar de tudo o que é proposto pelo Governo .” No que diz respeito ao Programa de estabilidade realça “não tem contas feitas , não tem projeções, é no fundo o programa de estabilidade do anterior governo com muito pouco trabalho acrescentado.” O Eurodeputado adiantou ainda que “Luís Montenegro diz que não vai governar para os telejornais mas é o que tem feito porque governar para os portugueses não se nota.”

No que se refere ao segundo tema, as perspetivas de que a inflação recue para 2,5% em 2024, o nosso comentador referiu “espero que sim, era muito bom para nós todos; esse é um ponto em que o Governo tem menos capacidade de interferir pois nós sabemos que a Inflação quando subiu, subiu por questões externas nomeadamente pelo aumento dos combustíveis e dos bens de consumo à escala global devido à guerra da Ucrânia, e neste momento estamos numa situação muito periclitante devido ao conflito no médio oriente.”

Quanto ao último tema, o Eurodeputado Carlos Zorrinho refere “lamento esta situação pois durante dois anos o principal partido da oposição(PSD) fez campanha com base na exploração até ao limite destes caso e eu não gostaria de fazer o mesmo mas julgo que eles têm que ser rapidamente esclarecido.”

O Eurodeputado socialista conclui “se há uma lição que pode ser aprendida do que aconteceu no passado é que estes casos prejudicam a imagem de toda a classe política, prejudicam a própria eficácia da governação e se forem verdade têm que ter consequências; se não forem terão que ser esclarecidos.”

Últimos na Mediateca

Comentário semanal de Carlos Zorrinho na Rádio Campanário – 28 maio 2024

No seu comentário semanal na Rádio Campanário, o eurodeputado do Partido Socialista, Dr. Carlos Zorrinho, falou sobre o resultado das eleições para o governo regional da Madeira e analisou os…

Ler mais

Comentário semanal de Carlos Zorrinho na Rádio Campanário – 21 maio 2024

No seu comentário semanal na Rádio Campanário, o eurodeputado do Partido Socialista, Dr. Carlos Zorrinho, comenta as declarações do PR sobre os Fundos Europeus, a questão do chega no Parlamento…

Ler mais

Comentário semanal de Carlos Zorrinho na Rádio Campanário – 14 maio 2024

No seu comentário semanal na Rádio Campanário, o eurodeputado do Partido Socialista, Dr. Carlos Zorrinho, comenta as negociações do Governo com os Professores, acusação do Chega contra o Presidente da…

Ler mais