Mediateca

Aqui encontra um arquivo de vídeos, podcasts, bem como galerias de imagens do deputado Carlos Zorrinho.

Photo by Sam McGhee on Unsplash

Comentário semanal de Carlos Zorrinho na Rádio Campanário – 2 abril 2024

O Eurodeputado do PS, Carlos Zorrinho, na habitual revista de Imprensa, falou à Rádio Campanário sobre a eleição do Presidente da Assembleia da República, a composição do novo governo e a votação do programa da AD.

No que diz respeito ao primeiro tema, o Eurodeputado socialista começou por nos referir “a eleição do presidente da Assembleia da República foi um episódio muito constrangedor da nossa democracia e que mostrou que pelo menos um dos blocos da nossa nova Assembleia da república não tem qualquer sentido de Estado nem qualquer sentido institucional, o que não é uma novidade” acrescentando ainda “muita gente terá votado nesse partido(CHEGA) com a expetativa que fosse um grupo de Protesto mas que tivesse sentido institucional, o que não se verificou.” Carlos Zorrinho sublinhou ainda que todo este processo demonstrou ainda “algum amadorismo por parte da AD e do seu líder que não fez os contactos que devia ter feito, podendo ter poupado o País a um espetáculo que não foi gratificante.”

Sobre a composição do novo Governo diz “são pessoas que vão dar o seu melhor, é o governo possível pois não é muito fácil recrutar pessoas da militância dos partidos.”

Questionado sobre o pedido do Chega a Luís Montenegro para repensar a nomeação da Ministra Margarida Blasco, Ministra da Administração Interna, o nosso comentador frisou “os governos são sempre da responsabilidade dos primeiros ministros e depois também dos presidentes da República que lhe dão posse pelo que não faz sentido um partido da oposição estar a tentar condicionar quem é nomeado e para quê.”

Por último e quanto à expetativa na votação do programa de governo, o Eurodeputado Carlos Zorrinho disse “Dialogar é um princípio fundamental em Democracia e espero que o episódio da eleição do Presidente da AR tenha servido de lição a Luís Montenegro” acrescentando que “no que diz respeito ao programa de Governo , o PS não apresentará nenhuma moção de rejeição nem votará nenhuma pelo que não espero nenhuma surpresa em particular.”

Últimos na Mediateca

Esperança e Responsabilidade

A União Europeia inícia em breve um novo ciclo. Precisa de todos para ter sucesso

Ler mais

Comentário semanal de Carlos Zorrinho na Rádio Campanário – 16 abril 2024

O Eurodeputado do PS, Carlos Zorrinho, na habitual revista de Imprensa, falou à Rádio Campanário sobre o programa de estabilidade, as previsões da inflação e a polémica contratação da adjunta…

Ler mais

A Hora da Europa – abril 2024

Rúbrica mensal do Deputado Carlos Zorrinho na ARIC - Associação das Rádios de Inspiração Cristã.

Ler mais