Mediateca

Aqui encontra um arquivo de vídeos, podcasts, bem como galerias de imagens do deputado Carlos Zorrinho.

Photo by Sam McGhee on Unsplash

Comentário semanal de Carlos Zorrinho na Rádio Campanário – 28 novembro 2023

No comentário semanal na Rádio Campanário, o Eurodeputado Carlos Zorrinho comentou o atual cenário político português. O Eurodeputado salientou aos microfones da Rádio Campanário, a importância das próximas eleições marcadas para 10 de março.

De acordo com as últimas sondagens, existe quase um empate entre o Partido Socialista e o PSD, com a ascensão do partido Chega, atualmente com 16% nas intenções de voto. Zorrinho acredita que o cenário político pode sofrer alterações significativas até março, com a possibilidade de o Partido Socialista ganhar as eleições. Acrescentou ainda; a relevância de respeitar a constituição e as práticas democráticas, especialmente no ano em que se comemoram os 50 anos do 25 de abril.

Sobre a possibilidade de coligações, Zorrinho diz que o PSD pode ter a necessidade de formar coligação com o Chega, enquanto o Partido Socialista poderá formar governo sem alianças

Finalmente, ao ser questionado sobre as duas candidaturas propostas para a liderança do Partido Socialista, Zorrinho manifestou o apoio a José Luís Carneiro, considerando que a sua capacidade de mobilizar o centro econômico e social da sociedade portuguesa, que, segundo ele, é crucial para conquistar eleições.

Últimos na Mediateca

União Europeia – Uma vocação multilateral

A União Europeia é uma parceria forte que se consolidou através da soberania e dos valores partilhados, da interdependência e solidariedade, da convergência e da coesão.

Ler mais

Comentário semanal de Carlos Zorrinho na Rádio Campanário – 27 fevereiro 2024

No decorrer da sua participação semanal na Rádio Campanário, o Eurodeputado do Partido Socialista (PS), Carlos Zorrinho falou das mais recentes sondagens relativas às legislativas e ao início da campanha…

Ler mais

Gaza – As pessoas primeiro

A nossa métrica tem que ser as pessoas e por elas a UNRWA e todos atores humanitários comprometidos com os princípios do Direito Humanitário internacional, têm que ser apoiados.

Ler mais